MotorDream

Motos

Avaliação da Yamaha Neo 125 - Aposta no futuro

27/09/2018 06:08  - FOTOS: JORGE RODRIGUES JORGE/CARTA Z NOTÍCIAS
Envie por email


Neo 125 mostra preço e tecnologia para se consolidar como modelo de entrada da Yamaha

POR EDUARDO ROCHA
AUTO PRESS

Mundo afora, Honda e Yamaha travam uma disputa bem equilibrada em diversos mercados. Aqui no Brasil, no entanto, a briga mais parece de Davi e Golias. A Honda tem uma expressiva vantagem, principalmente entre os modelos de baixa cilindrada. Por isso, a Yamaha procura bons argumentos para emplacar seus modelos mais populares. No caso da scooter Neo 125, por exemplo, a Yamaha coloca na alça de mira o modelo Biz 125i e aparece em vantagem em relação a preço, desempenho e tecnologia.

Na comparação direta, a Neo tem um ano a mais de garantia, com quatro no total, e custa R$ 8.290 contra R$ 9.446 da Biz 125, ou 14% a menos. O modelo da Yamaha é também mais potente e mais leve. Tem 9,8 cv e 96 kg contra 9,2 e 100 kg da rival, com relação peso/potência de 9,8 kg/cv contra 10,9 kg/cv. Por fim, traz recursos mais modernos. Como o farol em led e o câmbio CVT automático, enquanto a Biz traz farol com lâmpada e câmbio com embreagem automática e quatro marchas.

A scooter da Yamaha tem um design bem moderno, com linhas esculpidas e angulosas. O chassi tipo underbone permite que o modelo tenha um assoalho plano à frente do piloto e a um escudo dianteiro de boa altura. Ali estão instalados um porta-garrafa do lado esquerdo e um porta-traco do lado direito. Sob o banco, o porta-capacete acolhe apenas capacetes abertos. O painel, analógico, é bem simples: traz apenas velocímetro, hodômetro, marcador de combustível e um luz de indicação de condução econômica.

O motor de 125 cm³ possui injeção eletrônica e roda apenas com gasolina. Ele rende seus 9,8 cv a 8 mil rpm e tem torque de 0,98 kgfm a 5.500 giros. Este propulsor é instalado na balança e se acopla diretamente à roda traseira, como nas scooters clássicas. As suspensões são monochoque na traseira, com 80 mm de curso, e telescópica dupla na frente, com 90 mm de curso, e as rodas são de 14 polegadas nos dois eixos. Os freios são a disco na dianteira e a tambor na traseira. O dianteiro atua de forma independente enquanto o traseiro trabalha com o sistema chamado de UBS, de Unified Break System. Este recurso unifica a ação com o dianteiro quando apenas o traseiro é acionado.

A Neo foi lançada no Brasil há exatos dois anos para substituir a Cripton como modelo de entrada da marca. E a troca foi bem vantajosa para a Yamaha. A Cripton mantinha uma fatia de 0,7% do mercado total e com a Neo este número subiu para 1,2% de participação. Este crescimento foi suficiente para manter o volume de vendas no ano passado, mesmo com a queda geral do mercado. Nesta atual retomada, as vendas do modelo também vem acompanhando o crescimento, embora a diferença para a Biz 125 tenha aumentado neste período. A média mensal este ano está em 930 emplacamentos, 13,5% a mais que as 820 unidades de 2017.



Impressões ao pilotar

Animal urbano

A Yamaha Neo tem diversas qualidades que agradam logo no primeiro contato. A começar pelo visual, bem arrojado. As linhas frontais valorizam o conjunto ótico em led, que dá um ar tecnológico ao modelo. Isso apenas do painel contrariar ir no sentido oposto, por ser analógico e demasiadamente simples. Ao se acomodar, outras boas características aparecem. O assoalho plano oferece uma posição de pilotagem confortável, enquanto o banco recebe bem o piloto. Os porta-objetos na parte interna do escudo facilitam a convivência, mas o porta-capacetes sob o assento é muito pequeno. Cabe apenas um capacete aberto, de desenho simples

Em movimento, a Neo se mostrou bem ágil e prática. A pequena largura permite que ela passe entre os carros no trânsito com extrema facilidade. Já os espelhos são retrovisores são quase inúteis: além de pequenos, se projetam pouco. O câmbio automático CVT não empana a potência do motor, que é capaz de fazer a scooter acompanhar bem o trânsito, mesmo em vias expressas. Com um pouco de esforço, o velocímetro bate nos 100 km/h. A partir daí, a evolução da velocidade é bem lenta até os 110 km/h. Neste ponto, a Neo fica leve demais e passa a exigir correções de trajetória. A máxima fica em torno de 110 km/h.

As rodas dianteiras pequenas, com aro de 14 polegadas, facilitam muito as mudanças de direção, mas não ajuda na dirigibilidade quando se enfrenta terrenos acidentados, como ruas com bueiros desnivelados, buracos ou valas de escoamento de água. Além do tamanho da roda, as suspensões também têm pequena amplitude de trabalho e chegam facilmente no fim de curso. Um aro maior, de 17 polegadas, por exemplo, adaptaria melhor a Neo à realidade das cidades brasileiras.

Ficha técnica

Yamaha Neo 125

Motor: A gasolina, quatro tempos, 125 cm³, monocilíndrico, duas válvulas, comando simples no cabeçote e arrefecimento a ar. Injeção eletrônica de combustível.

Câmbio: Automático do tipo CVT – transmissão continuamente variável – com tração direta na roda traseira.

Potência máxima: 9,8 cv a 8 mil rpm.

Torque máximo: 0,98 kgfm a 5.500 rpm.

Diâmetro e curso: 52,4 X 57,9 mm. Taxa de compressão 9,5:1

Suspensão: Dianteira com garfo telescópico com 90 mm de curso. Traseira monoamortecida com 80 mm de curso.

Pneus: 80/80 R16 na frente e 90/80 R16 atrás.

Freios: Discos na dianteira e tambor na traseira com ação combinada.

Dimensões: 1,87 metro de comprimento total, 69 cm de largura, 1,26 m de distância entre-eixos, 78 cm de altura do assento e 13,5 cm de altura para o solo.

Peso: 96 kg.

Tanque do combustível: 4,2 litros.

Produção: Manaus, Amazonas.

Preço: R$ 8.290.

Garantia: Quatro anos sem limite de quilometragem.

 

TRÂNSITO LIVRE

todos

Comentários

Não há comentários para este artigo.

Para postar comentários é necessário ser cadastrado no nosso site. Deseja se cadastrar gratuitamente?

Motor Dream
MotorDream - Rua Barão do Flamengo, 32 - 5º Andar - Flamengo
Rio de Janeiro - RJ - Cep: 22220-080
Telefone: (21) 2286-0020 - Fax: (21) 2286-1555

Copyright © 2018 - Todos os direitos reservados.
GEO: -22.932985, -43.176320
Webroom Soluções Interativas