MotorDream

Lançamentos

Teste: Nissan X-Trail 2018 - Fôlego renovado

18/05/2017 09:00  - Fotos: Divulgação
Envie por email

Nissan X-Trail ganha atualização de meia vida para a linha 2018 e recebe algumas melhorias

por Alejandro Konstantonis
do Autocosmos.com
exclusivo no Brasil para Auto Press
 
O Nissan X-Trail recebeu uma atualização de meia vida para o modelo 2018. Lançado em 2001 e após ter sua terceira geração apresentada em 2015, o SUV da marca nipônica incorpora agora mudanças no exterior, como a frente com novo agrupamento ótico, uma grade de ar maior, e mais detalhes em cromado com a linguagem de desenho “V-Motion” já presente em outros modelos da Nissan, como o Kicks, por exemplo. As características técnicas e mecânicas seguem basicamente as mesmas.
No X-Trail 2018, é possível encontrar algumas novidades e melhoras no interior do carro. O volante, por exemplo, mudou: está com um detalhe mais notório que é a parte inferior achatada. O aspecto da paleta de trocas do câmbio também é novo, e no painel é possível perceber uma combinação de materiais em aspectos suaves e duros, além de cores alternadas em molduras brilhosas que simulam fibra de carbono. O acabamento das portas também tem materiais sutis e de melhor gosto em relação ao modelo anterior.
Os assentos da primeira fileira são de acionamento elétrico. Já os da segunda, são rebatíveis e inclináveis, com função de deslize para frente para aumentar o espaço da terceira fileira de bancos. A capacidade do bagageiro fica nos 266 litros com a última fila de assentos em funcionamento, e cresce para 1.112 litros caso seja rebatida. Se a segunda fileira também seja rebatida, o volume salta para impressionantes dois mil litros.
Em termos de conectividade, a central no X-Trail exige que o usuário instale em seu smartphone um aplicativo chamado Nissan Connect para que haja um maior aproveitamento da interface do sistema do carro. Alguns conteúdos de redes sociais ficam disponíveis após a instalação e conexão com a central, como Facebook e Twitter. Na versão e topo, o conjunto de áudio é da marca Bose e é formado por oito alto-falantes.
O Nissan X-Trail 2018 porta um motor de quatro cilindros de 2.5 litros e 16 válvulas que entrega 169 cavalos de potência a seis mil rpm e gera uma força de torque de 23,77 kgfm a partir das quatro mil rotações. A transmissão é do tipo CVT – continuamente variável – e simula seis velocidades. O modelo pesa 1.635 kg e tem 4,6 m de comprimento; 1,8 m de largura; 1,7 m de altura; e 2,7 m de entre-eixos.
Para dar segurança ao carro, a Nissan equipou o modelo com controles de estabilidade e tração. Além disso, tem ainda controles vetoriais de trajetória, que, nesse caso, a marca batizou de Módulo Integrado de Controle Dinâmico, que consiste em um controle ativo de marcha (Active Ride Control), um controle ativo de trajetória (Active Trace Control) e um freio-motor ativo (Active Engine Braking), que trabalha e conjunto com a caixa CVT. Outros sistemas são o assistente de aclives e declives – que segura o carro em superfícies não planas para fazer manobras no momento de troca do pedal de freio e acelerador –, controle de cruzeiro inteligente, assistentes de alerta de colisão frontal e de frenagem de emergência, e alertas de ponto cego nos espelhos retrovisores externos.
Nos Estados Unidos, a tabela de preços do X-Trail parte dos US$ 23.820 na versão de entrada S – aproximadamente R$ 73.660 – e chega aos US$ 31.160 na versão de topo SL com propulsão híbrida – cerca de R$ 96.359, em conversão direta. No Brasil, o modelo deixou de ser vendido em sua segunda geração, mas não há previsão para seu retorno ao mercado nacional. (colaboração de Victor Alves/Auto Press).


Primeiras impressões
 
Suave e confortável

Península de Iucatã/México – A caixa de transmissão do X-Trail 2018 tem acionamento suave e as acelerações são constantes. A direção é satisfatória e o desempenho do motor parece adequado à proposta do carro – a tração integral nas quatro rodas pode prejudicar um pouco o rendimento de combustível, mas nada que seja altamente preocupante.
 
Graças ao isolamento interior, o conforto acústico do carro em movimento é bastante eficiente. É possível, também, notar uma significativa melhoria na qualidade dos acabamentos em relação ao modelo anterior. No geral, as evoluções foram discretas, mas bastante efetivas.
 

TRÂNSITO LIVRE

todos

Comentários

Não há comentários para este artigo.

Para postar comentários é necessário ser cadastrado no nosso site. Deseja se cadastrar gratuitamente?

Motor Dream
MotorDream - Rua Barão do Flamengo, 32 - 5º Andar - Flamengo
Rio de Janeiro - RJ - Cep: 22220-080
Telefone: (21) 2286-0020 - Fax: (21) 2286-1555

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados.
GEO: -22.932985, -43.176320
Webroom Soluções Interativas