MotorDream

Lançamentos

Linha 2018 do Volkswagen Up - Mínimos detalhes

27/04/2017 11:00  - Fotos: Divulgação
Envie por email

Linha 2018 do Volkswagen Up recebe ajustes estéticos, incorpora equipamentos e extingue versões de duas portas

 

por Luiz Humberto Monteiro Pereira 
Auto Press
 
Quando chegou ao Brasil, em 2014, o Up apostou bastante na diversidade. Combinando opções de carroceria com duas ou quatro portas, tipos de acabamento, motores aspirado ou turbo e diferentes pacotes de equipamentos, era possível montar quase 300 versões do subcompacto. Na linha 2018, que traz um ligeiro "face-lift" e incorpora alguns equipamentos, a multiplicidade de opções foi severamente reduzida. Agora, existem apenas 20 variações disponíveis do carrinho - ficaram apenas os que vendiam mais. Os modelos de duas portas foram extintos e também pertencem ao passado o Up Track, o Speed Up e o "trio colorido" Black Up, Red Up e White Up. Para aproveitar a demanda por mais conectividade, foi criada a série especial Connect - uma derivação da Move para o crescente público que não consegue mais imaginar um carro desconectado do celular. Além da nova série especial, o Up 2018 é oferecido em quatro versões: Take, Move, High e Cross. Os preços da linha 2018 começam nos R$ 37.990 da versão Take e vão aos R$ 57.100 na versão High.
As versões High e Cross com motor aspirado também deixaram de existir - passam a vir sempre com o turbo TSI.  Com três cilindros e 999 cm³ de cilindrada, o motor TSI é flex e sua potência máxima é de 101 cv a 5.000 rpm, quando abastecido com gasolina, e de 105 cv à mesma rotação, com etanol. O torque máximo é de 16,8 kgfm, com gasolina ou etanol, disponíveis já a partir de apenas 1.500 rpm. O sucesso de vendas das versões com o motor turbinado fez a Volkswagen expandir a oferta dessa motorização no novo Up. Agora, apenas as versões básicas Take Up e Move Up continuam a ser oferecidas com o motor 1.0 MPI aspirado, com potência de 75/82 cv e torque de 9,7/10,4 kgfm. E para destacar a "vocação esportiva" do motor TSI, todas as versões TSI, além do logotipo na tampa traseira pintada em Preto Ninja, recebem destaques visuais exclusivos na linha 2018 que permitem sua identificação sob qualquer ângulo. A grade do radiador dos TSI conta com friso duplo cromado e vermelho - quando o veículo vem na nova cor Laranja Habanero, os frisos são cromado e preto. E o para-choque dianteiro das versões turbo traz a parte central pintada de preto.
Esteticamente, a parte frontal do Up traz sutis diferenciais na dianteira os faróis, além de para-choques ligeiramente maiores e mais angulosos. O conjunto ótico passa a contar com novos elementos internos e a grade do radiador incorpora um friso cromado conectado à linha que margeia os faróis. Nas laterais, destaque para o logotipo “TSI” na coluna “B” e as novas rodas e calota. O Take Up passa a ser equipado com a calota 14”. O Move Up traz a roda de liga leve 14” e o High Up ostenta rodas de liga leve aro 15”.  A parte de trás do veículo também recebeu mais elementos cromados. As lanternas têm novo visual e são escurecidas, com elementos em vermelho, preto e transparente. Um novo friso cromado que percorre toda a parte inferior da tampa do porta-malas da versão High Up e se conecta com o fim das lanternas. O para-choque traseiro também é novo, com linhas mais horizontais e que se alargam conforme se aproximam da parte inferior do veículo. Retrorrefletores e o amplo difusor traseiro complementam o conjunto. Os novos para-choques deixaram o novo Up 8,4 cm mais comprido -  agora tem comprimento de 3,68 metros. 
Por dentro, novidades ligeiramente mais perceptíveis – mas, como é usual na indústria automotiva, os equipamentos mais sofisticados são opcionais ou só aparecem de série nas versões mais caras. Houve mudanças no painel, no instrumento combinado e no volante multifuncional - "emprestado" do Golf -, que pode ter acabamento de couro, dependendo da versão. Suporte para celular, figurino dos bancos e texturas são novos. Isso sem falar na iluminação ambiente: um filete de leds branco sublinha toda a parte inferior do painel. Há maior quantidade de componentes em preto brilhante. No "cluster", há três grandes mostradores circulares: à esquerda fica o conta-giros, à direita o marcador do nível de combustível e, ao centro, o velocímetro junto com a tela central com iluminação branca. Com 3,5”, a tela central do instrumento combinado torna possível monitorar ali informações de texto do rádio e de mídias pelo instrumento combinado, que possibilita configurar a linguagem e as unidades de medida das informações do computador de bordo, que tem nove funções. Outras novidades do sistema são o indicador de portas abertas e o aviso de tempo de revisão.  O “tilt down” regula automaticamente o espelho retrovisor do lado do passageiro, apontando para o meio-fio toda vez que a marcha à ré é engatada. Ao desengatar a marcha à ré, o espelho retorna exatamente à posição que estava ajustado previamente. E a função “Coming & Leaving Home” faz com que, toda vez que o veículo estiver desligado e as portas forem travadas ou destravadas, os faróis se acendam automaticamente por 30 segundos, iluminando a área próxima ao carro.
O Cross Up, a configuração com apelo aventureiro, sempre se revelou uma das versões mais atraentes da linha do Up. No modelo 2018, traz todos os itens do High Up (que custa R$ 1.500 a mais), oferece os mesmos opcionais da versão “top” e acrescenta interessantes diferenciais visuais, como para-choques exclusivos, rodas de liga leve 15” diamantada com detalhes em preto brilhante, rack de teto, soleira das portas com aplique de alumínio, entre outros. Há a opção de equipar o modelo com revestimento dos bancos em couro sintético Native. Como em toda a linha Up, o motor 1.0 TSI do Cross Up vem sempre associado ao câmbio manual de cinco marchas. A versão com estética inspirada nos “off-roads” ainda incorpora faróis de neblina com luz de conversão estática (cornering light), sensores de chuva e de luminosidade (crepuscular) e suporte para celular. Com tela colorida de 5”, o opcional sistema “Composition Phone” conta ainda com entradas auxiliar e SD-Card e porta USB (capaz de carregar a bateria do celular), posicionada no suporte de celular. Ao abrir o aplicativo “maps + more”, a tela do smartphone passa a ser a tela central do sistema de som e, com isso, é possível também controlar algumas funções do celular via sistema de som. Dá para utilizar também outros aplicativos, como o Spotify e o Waze.

 

TRÂNSITO LIVRE

todos

Comentários

Não há comentários para este artigo.

Para postar comentários é necessário ser cadastrado no nosso site. Deseja se cadastrar gratuitamente?

Motor Dream
MotorDream - Rua Barão do Flamengo, 32 - 5º Andar - Flamengo
Rio de Janeiro - RJ - Cep: 22220-080
Telefone: (21) 2286-0020 - Fax: (21) 2286-1555

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados.
GEO: -22.932985, -43.176320
Webroom Soluções Interativas