MotorDream

Testes

Teste: Camaro - Refinamento explícito

16/10/2016 08:01  - Fotos: Divulgação
Envie por email

Teste: Camaro - Refinamento explícito

Versão SS da sexta geração do Camaro melhora substancialmente a dinâmica e o acabamento

por Marcelo Palomino
do Autocosmos.com/Chile
exclusivo no Brasil para Auto Press
 
Um dos carros mais icônicos da indústria americana, o Camaro chegou à 6a geração com a mesma aparência agressiva que marcou a revolução do segmento, em 2009. Esta nova fase, segundo a Chevrolet, preserva o conceito de “muscle car” moderno, mas mudou quase tudo que ultrapassa a aparência. O novo modelo é mais leve, mais potente e chega com mais tecnologia embarcada em comparação ao anterior. 
 
 
O motor segue a receita da geração anterior, com um V8 de 6.2 litros com injeção direta de gasolina, mas reprogramado para render 455 cv de potência e 62,9 kgfm torque na versão SS. A transmissão é automática de oito velocidades, com opção de trocas manuais através das aletas atrás do volante. A tração continua limitada as rodas do eixo traseiro. Nessa configuração, o Chevrolet Camaro acelera de zero a 100 km/h em quatro segundos.
 
 
A principal mudança é a nova plataforma, derivada do Cadillac ATS, mas com diversas modificações. São mais de 70% de desenvolvimento exclusivo para o Camaro. A nova base reduz em 90 quilos o peso total do modelo (1.671 quilos) e é 28% mais rígida do que a usada na geração anterior. Assim como no seu principal concorrente, o Ford Mustang, o Camaro agora utiliza suspensão independente nas quatro rodas (McPherson à frente, traseira multilink) e inclui a tecnologia Magnetic Ride, que muda a rigidez dos amortecedores em tempo real de acordo com as condições da estrada. Os freios são assinados pela renomada Brembo. Uma das novidades da geração é o diferencial traseiro de deslizamento limitado e um sistema de condução com quatro modos: Sport, Tour, Track e Ice.
 
 
O novo Camaro tem uma proposta mais requintada que o antecessor, não só por incorporar mais tecnologia, mas também pela qualidade dos materiais utilizados no acabamento. Se a 5a geração assustava pela simplicidade dos botões, os mesmos encontrados nos carros mais populares da marca, a Chevrolet trabalhou cuidadosamente na finalização da 6a geração do Camaro, que agora possui desenhos e formas próprias, além de toque macio.
 
 
Em termos de tecnologia, o novo Camaro incorpora a 2a geração do sistema de entretenimento MyLink, compatível com a Apple Car e Auto Android, e navegador GPS. Somando-se a isto um head-up display e os novos sensores de ponto cego e mudança de faixa de alerta. O som também recebeu mais zelo e agora é assinado pela Bose com nove alto-falantes. 
 
A chegada da nova geração do Camaro ao Brasil foi confirmada recentemente pela Chevrolet. O modelo desembarca no país ainda neste ano e será uma das atrações da marca para o Salão do Automóvel de São Paulo, que acontece entre 10 e 20 de novembro. Em comemoração ao lançamento, as 100 primeiras unidades que desembarcarem por aqui serão de uma série especial, batizada de Fifty, alusiva aos 50 anos do Camaro e baseada na versão SS.  O nome da série comemorativa será estampado nos para-lamas dianteiros e no painel.
 
Primeiras impressões

Resposta à altura
 
Santiago/Chile – Era claro que a sexta geração do Camaro precisava mudar significativamente para responder ao lançamento da nova geração do Ford Mustang em 2014. Mas no motor, a Chevrolet decidiu manter o mesmo motor da geração anterior, um dos V8 mais confiáveis e versáteis da indústria americana. O 6.2 small block, o mesmo utilizado no Corvette Stingray, recebeu pequenos ajustes para render 455 cv e quase 63 kgfm de torque.
 
O seletor de modos de condução é uma das mais agradáveis novidades do modelo. O modo Tour está ligado por padrão e oferece o máximo de conforto possível. O modo Sport transforma o carro, enrijecendo a suspensão e direção, além de tornar a resposta do acelerador mais intensa. No modo pista, a condução em vias urbana fica comprometida. O acerto muito rígido da suspensão, a brutalidade com que o carro responde aos comandos e o excesso de peso da direção deixam claro que esse modo só deve ser acionado quando se quer explorar toda a esportividade do modelo.
 
Graças à redução significativa de peso, o Camaro sofreu uma boa transformação dinâmica. O carro é mais leve e ágil em curvas. A tração traseira e a boa dirigibilidade são um caso de diversão à parte. As acelerações são fortes e brutais. Tão instigantes quando o ronco emitido pelas saídas de escapamento. Apesar do bom isolamento acústico, quando o pedal direito é “enterrado”, o V8 ronca alto. O desempenho dinâmico do Camaro é visivelmente superior ao do seu antecessor. É confortável e requintado ao dirigir com calma, mas também bestial e selvagem, se for necessário.
 
 

TRÂNSITO LIVRE

todos

Comentários

Não há comentários para este artigo.

Para postar comentários é necessário ser cadastrado no nosso site. Deseja se cadastrar gratuitamente?

Motor Dream
MotorDream - Rua Barão do Flamengo, 32 - 5º Andar - Flamengo
Rio de Janeiro - RJ - Cep: 22220-080
Telefone: (21) 2286-0020 - Fax: (21) 2286-1555

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados.
GEO: -22.932985, -43.176320
Webroom Soluções Interativas