MotorDream

Ônibus e Caminhões

Volare lança o novo micro-ônibus Cinco

18/05/2016 18:07  - Fotos: Divulgação
Envie por email

Volare lança o novo micro-ônibus Cinco

Volare já vende o Cinco, novo micro-ônibus com visual de van produzido no Espírito Santo

por Márcio Maio
Auto Press
 
A Volare não se deixou abater pela crise que assola o mercado de ônibus no Brasil. Mesmo diante de uma queda que já chega a 46% no primeiro quadrimestre deste ano, em comparação ao mesmo período de 2015, a marca – que pertence ao grupo Marcopolo S.A. – começou a vender neste mês o novo Cinco. Trata-se de um micro-ônibus capaz de transportar 13, 16 ou 20 passageiros com aspecto bem similar ao de uma van e chassi produzido pela própria montadora.
 
 
Sua linha de produção está na fábrica da marca em São Mateus, segundo município mais antigo e sétimo mais populoso do Espírito Santo. São mais de 65 mil m² construídos numa área total de 820 mil m², a 210 km da capital Vitória, com entrega inicial de 10 unidades por dia e um turno em funcionamento. A expectativa é poder crescer em breve esse número, com a adoção de um segundo turno e, assim, dobrar a produção – que, segundo a Volare, pode chegar até 40 unidades por dia no futuro. Os investimentos para o Cinco já chegam a R$ 250 milhões.
 
 
Uma das vantagens do Cinco em relação aos modelos maiores de vans, de acordo com a Volare, é a vocação para o transfer de passageiros, enquanto as vans têm de ter versões de carga e, por isso, podem decepcionar em questões de conforto, ergonomia, segurança e eficiência, inclusive para o motorista. Na contramão desse caminho, o Cinco foi desenvolvido, desde fevereiro de 2013, com foco exclusivamente no transporte de pessoas e no conforto do motorista.
 
 
O primeiro passo foi ouvir as necessidades e as vontades de profissionais do transporte para, a partir deste estudo, estabelecer aspectos mais relevantes do micro-ônibus, como acesso, mobilidade, dimensões internas favoráveis e, ao mesmo tempo, tamanho externo compacto. Foram 702 citações de 35 empresas distintas, no Brasil e no exterior, clientes ou não da marca. Desta análise veio a ideia de unir vantagens comuns a uma van com atributos de um ônibus pequeno. “Entre as necessidades listadas estavam, por exemplo, melhor ergonomia e conveniência para o motorista – que, normalmente, é o dono do veículo. E também custo/benefício e porta-pantográfica automática, entre outras”, exemplifica Roberto Poloni, diretor de engenharia da Volare.
 
 
São 6,70 metros de comprimento, 2,74 m de altura externa, 2, 01 m de largura externa, 1,93 m de altura interna e 1,91 m de largura interna. Para movê-lo, a Volare optou por um motor frontal Cummins ISF 2.8 litros capaz de entregar 150 cv de potência e torque de 36,7 kgfm já a 1.500 giros. A transmissão é manual de cinco marchas, mas já há a promessa de, no futuro, oferecer também câmbio automatizado para o modelo. A tração é traseira e a direção, hidráulica.
 
O Volare Cinco também incorpora conceitos de automóveis. Tecnicamente, se enquadra na classificação M3 do Contran, de micro-ônibus, com PBT de cinco toneladas – daí, inclusive, o nome Cinco, adotado desde o início do projeto e mantido em sua versão de produção. O processo de fabricação adota características dos automóveis – soldas por robôs e componentes em plástico injetado – e processo de produção por compressão utilizado em componentes de acabamento de carros. Depois da carroceria pronta, o chassi é fixado por 16 parafusos. Uma novidade que aproxima o Cinco das características da indústria de automóveis é a chave com controle remoto, que permite abrir a porta pantográfica e destravar a tampa do porta-malas à distância.
 
A escada larga e o corredor amplo facilitam o acesso ao veículo, que reúne uma série de comodidades que facilitam a vida do condutor. Há opcionais câmaras com ângulo de visão de 180º na dianteira e na traseira, com monitor no painel, além de central multimídia com sistema de aúdio e vídeo e navegador GPS. A iluminação interna é toda em leds, com luzes indiretas e em luzes de leitura. Por enquanto, há três versões disponíveis para o Volare Cinco. A mais barata é escolar, com preço sugerido de R$ 169 mil e apta a transportar 20 estudantes. Em seguida aparece a Executiva, a partir de R$ 195 mil e com 16 lugares. Por último, há uma configuração Executiva Plus, a R$ 208 mil e com 13 lugares. Para aquecer a fase inicial de vendas, a Volare promete um bônus de R$ 8 mil para as primeiras 200 unidades comercializadas.
 
 

TRÂNSITO LIVRE

todos

Comentários

Não há comentários para este artigo.

Para postar comentários é necessário ser cadastrado no nosso site. Deseja se cadastrar gratuitamente?

Motor Dream
MotorDream - Rua Barão do Flamengo, 32 - 5º Andar - Flamengo
Rio de Janeiro - RJ - Cep: 22220-080
Telefone: (21) 2286-0020 - Fax: (21) 2286-1555

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados.
GEO: -22.932985, -43.176320
Webroom Soluções Interativas