MotorDream

Autopeças e Insumos

Lançamento do pneu Michelin LTX Force - A corda e a caçamba

14/05/2015 12:23  - Fotos: Divulgação
Envie por email

Lançamento do pneu Michelin LTX Force - A corda e a caçamba

Seguindo o rastro do mercado, Michelin lança no Brasil o pneu LTX Force, para SUVs e crossovers

por Luiz Humberto Monteiro Pereira
Auto Press


Honda HR-V, Jeep Renegade, Peugeot 2008, JAC T6, Suzuki S-Cross... Esse ano foram muitas as novidades no mercado brasileiro de SUVs e crossovers - especialmente entre os compactos, que têm preços mais acessíveis. Assim, uma briga que até o início do ano ficava restrita a Ford Ecosport e Renault Duster se tornou um solitário foco de animação em meio ao deprimido panorama automotivo brasileiro de 2015 – no primeiro quadrimestre, as vendas caíram 16% em relação ao mesmo período do ano passado. Na trilha do esperado aumento das vendas no segmento de SUVs e crossovers, embalado pela multiplicação da oferta de modelos, a indústria de pneus também tem apresentado produtos voltados para uso misto, em asfalto e terra. É o caso do LTX Force, o mais novo produto da fabricante francesa de pneus Michelin.



Desenvolvido para mercados emergentes, o novo pneu é produzido nas fábricas da Michelin na Tailândia e em Resende, no Sul do estado do Rio de Janeiro. No Brasil, irá encarar concorrentes como o Pirelli Scorpion ATR e o Goodyear Wrangler Adventure. O novo produto da unidade industrial fluminense deve ser adotado em breve como “original de fábrica” em veículos como Chevrolet S10 e TrailBlazer, Volkswagen Amarok, Ford Ecosport e Renault Duster. Mas o principal foco da empresa francesa é o mercado de reposição. Sua proposta é entregar o máximo de eficiência no campo e na cidade, em asfalto qualificado e em trilhas lamacentas e esburacadas – ou seja, exatamente, os mesmos fatores de atração que têm mantidas aquecidas as vendas de SUV e crossovers. Nos últimos 10 anos, as vendas desse tipo de veículo mais do que dobrou na América do Sul.



Assim, no ritmo da demanda, a versatilidade foi a principal meta no desenvolvimento do LTX Force. Durabilidade e segurança foram outros fatores observados com atenção na gênese do novo produto. Segundo a Michelin, o LTX Force oferece uma frenagem mais curta em terreno molhado que os concorrentes, além de maior capacidade de impedir a aquaplanagem. Além disso, a empresa francesa assegura que seu produto também é o melhor da categoria em termos de robustez e rendimento quilométrico. “Esse lançamento é significativo para nós, pois é o primeiro produto da Michelin com projeto 100% liderado pelas equipes da América do Sul”, comemora Anoildo Mattos, Gerente de Marketing para Pneus de Passeio e Caminhonetes da Michelin América do Sul.


Segundo a Michelin, o “expertise” da marca em competições como o Rally Dakar e o WRC – World Rally Championship ou Campeonato Mundial de Rally – serviu de “laboratório” para algumas das tecnologias adotadas no LTX Force. A escultura da banda de borracha é inspirada no pneu adotado no Rally Dakar, desenhada com blocos mais altos, que proporcionam melhor tração. Essa escultura avança um pouco pela lateral do pneu, reforçando essa zona, que é crítica no uso off-road. Já o composto de borracha foi desenvolvido a partir do que é adotado nas competições do WRC ao redor do mundo – há circuitos com predominância de terra e lama, outros onde gelo e neve formam a maior parte do caminho e ainda outros disputados quase que integralmente sobre a areia. “Competições desse tipo são a melhor maneira de comprovar a eficiência da utilização mista dos pneus”, confirma Tierry Neuville, piloto da WRC convidado pela Michelin para a apresentação de seu novo produto. Segundo o fabricante, o pneu freia até 2 metros antes, quando comparado aos principais concorrentes em frenagens de emergência, e ainda oferece durabilidade 35% maior.




Testes dinâmicos

Hora de mostrar serviço

Buenos Aires/Argentina – Os testes dinâmicos para a imprensa brasileira e sul-americana do novo LTX Force foram realizados no Autódromo Mouras, na periferia da capital argentina. Algumas avaliações, com trechos de off-road leve, puderam ser feitas com os próprios jornalistas dirigindo. Em outras mais perigosas, como os testes de aquaplanagem em curvas, o volante estava com os pilotos testes da Michelin.


Em todos os testes, os pneus da Michelin e os da concorrência “cumpriram o script”, sem surpresas. Ou seja, superaram com boa margem os rivais. Em piso molhado, mantiveram melhor a trajetória nos testes de aquaplanagem em curvas e efetivamente pararam antes nos testes de frenagem brusca em piso molhado. No off-road, o LTX Force estava calçando um Renault Duster com tração integral. Que “tirou de letra” o circuito de off-road light armado pela Michelin. Lamaçais, pedreiras, mata-burros e outros obstáculos ficaram para trás, sem maiores dificuldades. Tudo dentro do previsto pela Michelin.




TRÂNSITO LIVRE

todos

Comentários

Não há comentários para este artigo.

Para postar comentários é necessário ser cadastrado no nosso site. Deseja se cadastrar gratuitamente?

Motor Dream
MotorDream - Rua Barão do Flamengo, 32 - 5º Andar - Flamengo
Rio de Janeiro - RJ - Cep: 22220-080
Telefone: (21) 2286-0020 - Fax: (21) 2286-1555

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados.
GEO: -22.932985, -43.176320
Webroom Soluções Interativas