MotorDream

Ônibus e Caminhões

Iveco Stralis ganha carga de modernidade

29/08/2012 16:38  - Fotos: Divulgação
Envie por email

Iveco Stralis ganha carga de modernidade

Iveco atualiza Stralis com motores Euro 5 e injeta tecnologia para tentar alavancar vendas

por Igor Macário
Auto Press


A Iveco demorou, mas enfim apresentou no Brasil o pesado Stralis com motorização que atenda às normas Proconve P7/Euro 5. Sete meses depois da entrada em vigor da legislação mais exigente, o modelo ganhou as mudanças necessárias para ser o quarto modelo da linha Ecoline, já composta por Daily, Tector e Trakker. Além de atender às diretrizes ambientais, o caminhão ficou mais econômico – até 7,5% em relação aos antigos Euro 3 – e eficiente, com custos de manutenção reduzidos. Segundo a Iveco, esses custos estão 5% menores que os concorrentes de Mercedes-Benz, Scania, Volvo e MAN.

Por fora, o Stralis 2013 continua igual à versão anterior. A diferença está sob a cabine, com os propulsores renovados. O modelo brasileiro faz a estreia mundial do motor Cursor de seis cilindros e 9 litros, desenvolvido pela própria FPT, divisão de motores da Fiat que atende à Iveco. A unidade é oferecida em duas versões, com 330 cv e 360 cv, e com tração 4X2 ou 6X2. Ambas foram projetadas para equipar os modelos base do Stralis, com PBT – peso bruto total – até 45 toneladas. O câmbio é o manual de 16 marchas sincronizadas à frente da ZF, com H sobreposto – o que facilita o uso. Opcionalmente, os Stralis 330 e 360 podem vir com a transmissão automatizada, também de 16 relações.



Além do novo 9 litros, as versões extra-pesadas mantêm o Cursor de 13 litros, com 410 cv, 440 cv ou 480 cv. Ele foi atualizado para atender ao Proconve P7 e ganhou o sistema SCR, que usa o aditivo Arla 32 para diminuir a emissão de poluentes. Os modelos podem vir nas configurações 4X2, 6X2 e 6X4, distribuídas de acordo com a potência dos motores. O Stralis 400, com o motor de 410 cv, pode ter apenas duas rodas motrizes, o de 440 cv aparece nas três possibilidades e o topo de linha é sempre 6X4. Diferentemente de antes, os Stralis com motor 13 litros pode ter o cavalo mecânico com entre-eixos mais curto – em versões de 3 m ou 3,20 m –, além dos 3,50 m já oferecidos. Acoplado ao 13 litros, sempre a caixa automatizada de 16 marchas que dispensa o pedal de embreagem e até a alavanca de mudanças. Toda a operação é feita por botões no painel, ao lado do volante.

A mudança nos motores demandou outras atualizações. Os sistemas elétrico e pneumático são novos, assim como ajuste de suspensão e freios. O chassi também precisou de modificações para acomodar os propulsores, com os novos anexos relativos ao sistema SCR, que agrega um catalisador químico e o tanque de aditivo na lateral do caminhão. Entre as novidades mecânicas, destaque também para o ajuste automático das lonas de freio com sensor de desgaste – de série em todas as versões.



Por dentro, a marca investiu em mais conforto para os ocupantes. O ar-condicionado é de série desde a versão com 360 cv e itens como suspensão a ar para a cabine, ajuste de altura e inclinação do volante equipam os Stralis 440 e 480. Controlador de velocidade de cruzeiro e volante multifuncional são opcionais que facilitam a convivência. Segundo a Iveco, a ideia não é ser luxuoso, mas proporcionar melhores condições de trabalho para motorista e auxiliares que usam o caminhão diariamente. A garantia é de quatro anos – total no primeiro e para motor e câmbio nos três seguintes.

Com as melhorias, a Iveco espera aumentar a participação do Stralis – que representa 20% do total de vendas da marca – entre os extra-pesados, hoje na casa dos 12%, segundo a própria Iveco. A intenção é chegar aos 20% até o primeiro trimestre de 2013. Esse ano, no entanto, o cenário ainda é pouco inspirador graças à crise econômica que afeta os setores industrial e agrícola – maiores compradoras do segmento. Nas projeções da Iveco, a queda nas vendas de caminhões no Brasil deve encostar nos 20% em relação a 2011, ano em que a marca encerrou com 8,2% de participação no mercado de caminhões. Para 2013, as projeções são mais otimistas e a Iveco espera vender 10% a mais que esse ano. A linha Stralis parte dos R$ 220 mil e segue até os R$ 360 mil.

Veja mais: Caminhões: Iveco ataca de todas as maneiras
Veja também: Iveco lança nova geração do Tector de olho no segmento de semipesados

 

 

TRÂNSITO LIVRE

todos

Comentários

Não há comentários para este artigo.

Para postar comentários é necessário ser cadastrado no nosso site. Deseja se cadastrar gratuitamente?

Motor Dream
MotorDream - Rua Barão do Flamengo, 32 - 5º Andar - Flamengo
Rio de Janeiro - RJ - Cep: 22220-080
Telefone: (21) 2286-0020 - Fax: (21) 2286-1555

Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados.
GEO: -22.932985, -43.176320
Webroom Soluções Interativas