MotorDream

Ônibus e Caminhões

Mercedes-Benz apresenta linha de veículos comerciais renovada para o Brasil

21/09/2011 10:30  - Fotos: Divulgação
Envie por email

Mercedes-Benz apresenta linha de veículos comerciais renovada para o Brasil

Além de se adequar às regras de emissão do Proconve P-7, a fabricante alemã quer manter liderança no segmento de ônibus e recuperar primeiro lugar nos caminhões

por Túlio Moreira
MotorDream


Diante das novas exigências em relação às emissões de gases poluentes no Brasil, que passam a vigorar a partir de janeiro de 2012, a Mercedes-Benz renovou sua gama de veículos comerciais para o país e para outros mercados da América Latina. A fabricante alemã concentrou esforços na motorização, que utiliza a tecnologia BlueTec5 para caminhões e ônibus, mas também operou atualizações no design e no acabamento de sua linha. O furgão Sprinter, produzido na Argentina, também ganhou novos desenho e motor, agora com a tecnologia BlueEFFICIENCY, adequado ao padrão Euro 5/Proconve P-7.

No segmento de caminhões, que será o destaque da Mercedes na próxima Fenatran, em outubro, a marca europeia adicionou a linha Atron, que engloba modelos médios, semipesados e pesados. O carro-chefe da nova linha é o semipesado Atron 2324 6X2, que substitui o L 1620 6X2 e mantém a Mercedes-Benz no tradicional segmento de caminhões bicudos, voltados principalmente para trabalhadores autônomos. “Os modelos da família Atron podem ser aplicados a diversos usos e setores, como construção civil, mineração e cana-de-açúcar”, exemplifica Joachim Maier, vice-presidente de Vendas da Mercedes-Benz do Brasil.


Ao novato Atron juntam-se as versões renovadas das linhas Accelo, Atego, Axor e Actros, todas com motores BlueTec5 dentro dos padrões Pronconve P-7. De acordo com a Mercedes, os novos propulsores oferecem até 6% de economia de combustível, e reduzem a emissão de óxido de nitrogênio (NOx) em 60% e de material particulado em 80%. O sistema BlueTec5 atua no tratamento dos gases poluentes através do processo de redução catalítica seletiva (SCR). Para adequar a tecnologia à realidade nacional, a Mercedes-Benz aplicou atualizações locais no projeto europeu, envolvendo 400 engenheiros brasileiros em 50 mil horas de testes, equivalentes a 10 milhões de km rodados.

Outra aposta da fabricante é a nova linha de caminhões leves Accelo, com grade frontal e conjunto óptico atualizados em relação à nova diretriz estética da marca. O objetivo da Mercedes é continuar a tradição dos veículos leves conhecidos popularmente como “Mercedinhos”, presentes no mercado brasileiro desde 1972, com o 608 D, e representados pelo atual 710, que será substituído pelo novo Accelo. Nos 40 anos de atuação no segmento, a marca já comercializou cerca de 185 mil unidades de caminhões leves.


A meta da Mercedes é retomar a liderança do segmento de caminhões, que há nove anos pertence ao grupo MAN/Volkswagen Caminhões e Ônibus. Por causa da incorporação da tecnologia BlueTec5, a fabricante estima um acréscimo de 6% a 10% no valor final dos produtos. “Por isso, 2012 será um ano de transição. Deve ocorrer uma queda nas vendas inicialmente, mas esperamos uma recuperação para o segundo semestre”, afirma Jürgen Ziegler, presidente da Mercedes-Benz do Brasil.


Em relação ao nicho de ônibus, a marca alemã oferecerá 20 novos chassis equipados com tecnologia BlueTec5, sendo três modelos totalmente novos, já apresentados na feira Transpúblico 2011, em São Paulo. Um dos modelos inéditos é o OF 1724, com vocação para o transporte urbano e intermunicipal, e foco em rotas que permitem maior velocidade média. De olho nos sistemas de corredores exclusivos conhecidos como BRTs - cada vez mais utilizados nas grandes cidades -, a fabricante destaca os novos modelos O 500 MDA e UDA, com 4 eixos - sendo 2 eixos na parte traseira do veículo, possibilitando a aplicação de carroçarias de até 23 metros, para mais de 200 passageiros.


Para completar a renovação da gama, a Mercedes também atualizou o furgão Sprinter. Entre as novidades da linha 2012, estão a nova geração de motores OM 651, com tecnologia BlueEFFICIENCY, que entrega mais potência e torque e também atende ao padrão Euro 5, e o novo câmbio ZF manual de seis velocidades, que contribui para o cumprimento das novas metas de emissão. A versão 312 CDI Street ganhou motor de 116 cv, que desenvolve cerca de 6% a mais de potência. As configurações 415 CDI e 515 CDI têm motorização de 146 cv, com torque de 33 kgfm - incremento de  cerca de 13% na potência e 6,5% no torque. O modelo é produzido na Argentina desde 1996, e já soma 85 mil unidades vendidas no Brasil.


Veja mais: MAN exibe primeiros caminhões brasileiros da marca e linha 2012 da VW
Veja também: Cheiro de diesel e de lucro no segmento de ônibus e caminhões

 

TRÂNSITO LIVRE

todos

Comentários

Não há comentários para este artigo.

Para postar comentários é necessário ser cadastrado no nosso site. Deseja se cadastrar gratuitamente?

Motor Dream
MotorDream - Rua Barão do Flamengo, 32 - 5º Andar - Flamengo
Rio de Janeiro - RJ - Cep: 22220-080
Telefone: (21) 2286-0020 - Fax: (21) 2286-1555

Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados.
GEO: -22.932985, -43.176320
Webroom Soluções Interativas