MotorDream

Nissan provoca VW e Toyota em comercial

17/09/2010  - Olho na Propaganda
Novo filme publicitário da Frontier "alfineta" a concorrência do início ao fim



por Luiz Humberto Monteiro Pereira
MotorDream

        A Nissan resolveu partir para a provocação. Na campanha publicitária criada pela Lew’Lara/TBWA para a pick-up Frontier e veiculada desde o início dessa semana na televisão e na internet, as "vítimas" escolhidas foram Volkswagen e Toyota, que fabricam as pick-ups Amarok e a Hilux, respectivamente. O filme, intitulado "Engenheiros", mostra a Frontier em cenas de "off-road" explícito, enquanto o locutor aproveita para valorizar algumas das características técnicas do modelo, como o motor turbodiesel com 172 cavalos - o mais potente da categoria -, câmbio automático de cinco marchas - uma marcha a mais que os concorrentes - e a tração 4x4 que pode ser acionada eletronicamente pelo motorista, batizada de "Shift on the Fly". 

        O contraponto cômico fica por conta da alternância dessas cenas lameiras com seus "efeitos colaterais" sobre os "engenheiros da concorrência" - para eliminar quaisquer dúvidas sobre quem se trata, as logomarcas de Volkswagen e Toyota aparecem de forma meio truncada nas paredes laterais dos dois escritórios. Primeiro, quando a Frontier passa numa poça, os engenheiros da marca alemã - surpreendidos preguiçosamente sentados em sua sala de trabalho, com os pés em cima da mesa - levam um inesperado banho de lama. Depois é a vez da dupla de engenheiros japoneses da Toyota, que literalmente "come poeira" ao ver seu escritório invadido pela densa nuvem de pó levantada pela Frontier. 



        Após essas cenas típicas de "comédia pastelão", surgem no vídeo as derradeiras "alfinetadas". As frases "Fabricada no Brasil" - tanto Amarok quanto Hilux são produzidas na Argentina - e o preço "A partir de R$ 70.990 à vista" - a Amarok Trendline sai por R$ 102.900 e a Highline custa R$ 119.490, enquanto a Hilux tem uma dúzia de versões que vão dos R$ 75.370 aos R$ 126.450. “A Nissan tem um jeito inovador de pensar a força. Pense num Nissan”, é a mensagem final da campanha.

        Quanto à provocação, Volkswagen e Toyota não tem tanto do que reclamar. Provocar a concorrência faz parte de uma antiga tradição na publicidade mundial - e particularmente na propaganda automotiva. Mas o uso explícito das logomarcas de concorrentes - usadas para colocar profissionais identificados como sendo de Volkswagen e Toyota em situações ridículas e vexatórias - pode render algo mais do que simples ranger de dentes. Pode acabar em protesto no Conar, o Conselho Nacional de Auto-regulamentação Publicitária - órgão regulatório dos profissionais de publicidade. Ou - o que seria bem mais divertido - em algum anúncio-resposta.

        Ambas as possibilidades provavelmente foram cogitadas por quem criou a publicidade da Nissan. Afinal, uma polêmica sempre ajuda a aumentar a repercussão de uma campanha. Há ainda a opção de simplesmente ignorar a provocação, para não chamar ainda mais atenção para o provocador. Quaisquer que sejam as respostas de Volkswagen e Toyota à investida da Nissan, poderão ser percebidas nos intervalos comerciais das próximas semanas.

Confira o filme publicitário da Nissan Frontier


Comentários

Não há comentários para este artigo.

Para postar comentários é necessário ser cadastrado no nosso site. Deseja se cadastrar gratuitamente?

Motor Dream
MotorDream - Rua Barão do Flamengo, 32 - 5º Andar - Flamengo
Rio de Janeiro - RJ - Cep: 22220-080
Telefone: (21) 2286-0020 - Fax: (21) 2286-1555

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados.
GEO: -22.932985, -43.176320
Webroom Soluções Interativas